content

Catherine Price: o real conceito de diversão

Onde tem trabalho, não há espaço para diversão. E vice-versa. Essa é a lógica de muitos profissionais independentemente de suas idades e gêneros. Isso porque acreditam que as duas são antogonistas.

 

A jornalista Catherine Price estudou por quase cinco anos esse tema. Para ela, as pessoas entendem “diversão” como o que se faz nas horas de lazer, mesmo quando isso não é exatamente agradável. Em sua pesquisa, que resultou no recente livro The power of fun: how to feel alive again, descobriu o que significa de fato.

 

“A verdadeira diversão se materializa quando vivenciamos a confluência de três estados psicológicos: lúdico, conexão e fluxo”, explicou ao O Globo, em dezembro de 2021. Na ocasião, compartilhou quatro etapas para se redescobrir o prazer na diversão:

 

Reduza a "diversão falsa”

Catherine caracteriza como "diversão falsa” atividades que ocupam o tempo de lazer, mas não inspiram brincadeira ou conexão. Tampouco resultam no envolvimento total das pessoas, chamado por ela de fluxo. Manter-se nas redes sociais ou assistir à televisão em excesso são exemplos disso.

 

Relembre o que lhe diverte

A sensação é a mesma, mas a diversão se encontra em contextos diferentes. Um ótimo exercício é recordar experiências de sua vida nas quais você se lembra de ter realmente se divertido. Isso vai ajudar a identificar atividades, ambientes e pessoas que proporcionam diversão para você. 

 

Coloque diversão na sua agenda

Sentir-se divertido é uma consequência, mas você pode aumentar as probabilidades priorizando as pessoas e as atividades que têm maior chance de despertar isso em você. Assim como você reserva horas do dia para reuniões, reserve um tempo para se divertir. 

 

Divirta-se em pequenas doses

Aqui vai uma grande verdade: para se divertir você não precisa de longas viagens ou ter uma boa quantia para gastar. Catherine sugere apostar em atividades que impactem diretamente no seu humor, como ligar para um amigo, correr, sentar em um banco de praça e contemplar o céu.

 

"Priorizar a diversão pode parecer difícil, mas vale a pena. Afinal, nossas vidas são definidas por aquilo em que escolhemos prestar atenção. Quanto mais você prestar atenção à diversão e à energia que ela produz, melhor se sentirá", disse Catherine, ao O Globo.

 

Neste ano, o tema foi retomado no SXSW, um dos mais importantes eventos de tecnologia, arte e economia criativa do mundo. Em um painel mediado por James Russel, explicou que seu propósito é tornar claro o sentido da palavra para que as pessoas possam fazer melhores escolhas a respeito do tempo livre.

 

Leia também o artigo sobre a 15ª edição do Fjord Trends, realizada pela consultoria Accenture Interactive, apresentada no SXSW deste ano. Estudo revelou tendências sociais e econômicas que devem impactar o universo dos negócios ao longo de 2022.

DEIXE UM COMENTÁRIO

NAVEGUE POR CATEGORIA

Fique por dentro das últimas novidades da FIA Online

Subscreva aqui!