MATRICULE-SE HOJE, GANHE UM AMAZON ECHO DOT E ENTRE NO MUNDO DO COMANDO DE VOZ.

*Bônus disponível até 31/12.

Acesse o regulamento
VEJA MAIS
content

Diversidade nos negócios na visão de Rachel Maia

Pela experiência no universo corporativo e pautas relativas à diversidade, Rachel Maia é a convidada da aula ao vivo deste mês de julho para os alunos FIA Online e convidados.

Uma das principais executivas brasileiras e empresárias com carreira de sucesso, Rachel Maia também se destaca pelo trabalho a favor da diversidade e inclusão no alto escalão de grandes empresas.

 

Como CEO negra, Rachel representa menos de 1% dos CEOs do Brasil e serve de inspiração na América Latina. “Como mulher e negra, em 30 anos de carreira, não fui contratada pelo gênero ou pela raça. O que tive foi a oportunidade de ter um investidor que olhasse minhas skills, que não olhasse meu gênero ou etnia. Os precursores somos nós.”

 

Durante o bate-papo, aconselhou que os profissionais interessados em dar visibilidade à diversidade busquem por conhecimento, fomentando a pluralidade de pensamento entre as lideranças para que se abram ao que é diferente.

 

Também disse que mulheres, negros e negras, e pessoas com deficiência devem ser incluídos em processos de liderança, para que façam parte de um contexto em que suas visões são ouvidas. “É perceber como trazer a diversidade para o ecossistema corporativo e fazer com que ela se sinta parte de fato.”

 

Além de ocupar cargos C-Level dentro de grandes organizações, tornando-a uma referência para quem não se imaginava ocupando cadeiras de níveis estratégicos, apenas operacionais, aproveitou seu espaço para dar oportunidade aos grupos minorizados pelo gênero e raça, por exemplo.

 

Já plantou árvores, tem filhos e uma família que lhe dá muitas alegrias, e é feliz por fundar um projeto social e praticar a filantropia. Mas revelou o que ainda falta realizar: "Preciso ajudar a transformar o menos de 1% que eu represento. Quero transformar em dígitos mais expressivos. Não podemos achar normal que não tenha mais nenhuma presidente mulher e negra como CEO de uma empresa global no Brasil".

 

Hoje, conforme estudo mais recente realizado pelo LinkedIn, apenas 3% dos executivos em cargos de CEOs das 250 maiores empresas brasileiras são mulheres. Ter consciência de que existe um crescimento modesto e abaixo do global é fundamental para propor mudanças.

 

Rachel trouxe dados. Em 2020, mulheres sentadas em conselhos representavam 12%, enquanto em 2021 o percentual subiu para 14%. Já o índice global é de 25%. “Percentual deve ser celebrado, mas é tímido.”

 

Conselho de Rachel Maia aos futuros executivos 

"Ouse, não seja modesto nos seus sonhos. Nós podemos manter o respeito ao próximo, mas nós não devemos deixar de sonhar. Nós não podemos ficar apenas no campo dos sonhos, temos que planejar e executar. Caso você caia e rale o joelho, levante, sacode a poeira, dê a volta por cima e vai novamente", aconselhou os mais de 3 mil alunos participantes.

 

 

Rachel sempre sonhou em conhecer o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama. O sonho se tornou realidade em 2017, quando o político norte-americano veio a São Paulo participar de um evento. Com a prerrogativa de seguir protocolos, como não falar nem encostar em Obama, pode tirar uma foto com ele. Quando ele direcionou as primeiras palavras a ela, aproveitou para demonstrar sua admiração, além de abraçá-lo obviamente.

 

Dois anos mais tarde, em outro evento no Brasil, foi surpreendida com um convite. Foi chamada pela equipe de Obama para  um novo encontro. Quando chegou sua vez, foi reconhecida: "‘Você de novo? me disse ele. Esse reconhecimento foi muito importante para mim. Então sonhem."

 

O primeiro encontro está registrado em seu livro, o Meu Caminho Até a Cadeira Número 1. Lançado em março desse ano, a executiva conta sobre sua trajetória até os cargos de C-Level.

 

Saiba mais sobre a carreira de Rachel Maia

Hoje fundadora e CEO da RMConsulting, começou a carreira como controladora financeira sênior na 7-Eleven, onde desenvolveu suas habilidades analíticas e de liderança como gerente júnior. Posteriormente, atuou como controladora sênior de negócios na Novartis Pharmacy.

 

Isso foi o início da trajetória que a levou às cadeiras de CEO que passaria a ocupar anos mais tarde no mercado de luxo. Tiffany & Co., Pandora e Lacoste foram as marcas que tiveram a honra de contar com a expertise de Rachel Maia como presidente.

 

Na Tiffany & Co., liderou sua entrada no mercado brasileiro e administrou todos os aspectos financeiros do crescimento da empresa como CFO para o Brasil. Após estabelecê-la como líder de mercado no Brasil, foi contratada para liderar a expansão e o crescimento da marca dinamarquesa Pandora. Como CEO da Pandora Brasil, conduziu o crescimento da empresa de dois pontos de venda para mais de 90 em um período de 8 anos e meio.

 

Atualmente, é membro do Conselho Geral do Consulado Dinamarquês e da Câmara de Comércio Dinamarquesa, bem como do Comitê Presidencial da Câmara Americana de Comércio, do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, do Grupo de Mulheres Brasileiras e do Comitê Econômico e Social Conselho de Desenvolvimento.

 

Além disso, dedica-se ao impacto social. Rachel fundou recentemente uma organização sem fins lucrativos, a CAPACITA-ME, que qualifica alunos e profissionais de comunidades carentes em São Paulo.

 

Mario Sergio Cortella conduz próxima aula ao vivo

As aulas ao vivo são um conteúdo adicional além das disciplinas dos cursos de pós-graduação e MBA FIA Online. Ao todo, são 12 aulas ao vivo, sendo um encontro por mês com objetivo de unir alunos de todos os cursos, gerar networking e aprender com profissionais de destaque do mercado e da academia.

 

A próxima será em 04 de agosto, às 19h, com Mario Sergio Cortella, filósofo, educador e palestrante renomado. Um encontro exclusivo para alunos FIA Online.

 

Quer participar mas ainda não faz parte da nossa comunidade de alunos?

Conheça as opções de cursos em nível de especialização, matricule-se e faça parte de uma das melhores e mais conceituadas Escolas de Negócios do mundo. 

DEIXE UM COMENTÁRIO